quinta-feira, 8 de março de 2012

Mulher


Ser mulher é ser tudo, condensado em delicados frascos de poesia.
Ser mulher é parir com lágrimas de amor e alimentar seu rebento com sua própria sina;
Ser mulher é um encontro com o divino, ser a mãe redentora que acalenta o filho, independente de sua idade;
Ser mulher é ser gata no cio, e não ter presas as pernas na hora das verdades;
Ser mulher é ambicionar o mar, e navegar infinitamente sem fronteiras;
Ser mulher é rezar o terço, e ocultar as chagas íntimas das tristezas;
Ser mulher é sorrir com dentes pálidos, e ver as rugas brotando como sementes orgulhosas;
Ser mulher é lacunar seus medos, não sentir o pendor nos seios, nem o útero à mostra;
Ser mulher é algo cármico, delicado e tão voraz;como um buquê de rosas;
Ser mulher é ser poesia ao acaso, e ser amante dos ventos de outro mar...
Ser mulher é sorrir nas horas tristes e chorar nas alegres só pra dar o que falar;
Ser mulher é jorrar o sangue que traz vida, numa alma parida, sob as chamas da paixão;
Ser mulher é ser virgem impassível e nebulosa e invencível sob a luz na escuridão!
Ser mulher é sair dos artifícios, ser verdadeira sem os vícios...
Na intensidade d'emoção!


Ledalge

Nenhum comentário:

Postar um comentário